Mais de 800 jovens competem no torneio brasileiro de educação profissional

30 Julho 2014 In Notícias
Avalie este item
(0 votos)
Mais de 800 jovens competem no torneio brasileiro de educação profissional Foto/José Paulo Lacerda

Edição 2014 da Olimpíada do Conhecimento, a ser realizada em Belo Horizonte no mês de setembro, bate recorde de participantes. Competição serve como avaliação do ensino técnico no Brasil

Mais de 800 jovens de todo o Brasil participarão, entre 3 e 6 de setembro, em Belo Horizonte, do torneio nacional de educação profissional. Trata-se da oitava edição da Olimpíada do Conhecimento, que, este ano, reunirá os melhores jovens profissionais de 58 profissões técnicas ligadas à indústria, ao setor de serviços e à agropecuária (veja lista ao final). Os participantes saíram de cursos profissionalizantes das escolas do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) e dos Institutos Federais de Tecnologia – esses últimos estão pela primeira vez nas provas. Entre esses 800, 45 são jovens com deficiência que competirão em quatro modalidades.

Durante os quatro dias, os competidores realizarão tarefas semelhantes às que enfrentariam em situações reais do dia a dia nas empresas. Seu desempenho estabelece o padrão de excelência das práticas das 58 profissões e serve para avaliar a formação técnica oferecida pelas instituições de educação.

Realizada a cada dois anos, a Olimpíada do Conhecimento ocupará 105 mil metros quadrados do Expo Minas, onde serão instaladas 900 toneladas de equipamentos, incluindo duas turbinas de avião, um helicóptero, seis estações geodésicas e um ambiente no qual ficarão 16 vacas prontas para inseminação artificial. Além das 6 mil pessoas, entre competidores, técnicos, avaliadores e organização, são esperados 300 mil visitantes no período. "A Olimpíada do Conhecimento é uma estratégia para valorizar a formação técnica oferecida no Brasil. Nesses dias, estudantes e trabalhadores podem conhecer as oportunidades que têm para entrar no mercado de trabalho de forma mais qualificada", destaca o diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi.

SELEÇÃO DOS MELHORES – Para participar da competição, os estudantes, com menos de 21 anos de idade, devem ter, no mínimo, 400 horas em cursos de aprendizagem ou qualificação industrial, ou formação técnica de nível médio na área. A Olimpíada do Conhecimento tem início nas escolas do SENAI, quando professores identificam alunos de destaque e os convidam para treinar para os torneios locais. A etapa estadual é a fase classificatória para a nacional. Nesse processo, os competidores chegam a se dedicar oito horas durante meses para alcançarem os melhores resultados. Os dois mais bem colocados na fase nacional podem concorrer a uma vaga para a competição mundial, a WorldSkills Competition, que, em 2015, será realizada em São Paulo.

A cada ano, aumenta a participação na etapa nacional. Os 800 inscritos neste ano representam quase sete vezes mais que os da primeira edição da Olimpíada, realizada em 2001, em Brasília, quando participaram 111 estudantes. O número de ocupações profissionais do torneio também aumentou: passou de 26, em 2001, para 58 em 2014.

O desempenho dos alunos na competição forma um conjunto de indicadores que ajuda o SENAI a avaliar a qualidade da educação profissional. Esses indicadores, que apontam tendências tecnológicas e mudanças nos perfis profissionais, também orientam a atualização dos currículos nas escolas na instituição. Com isso, os cursos do SENAI estão sempre atualizados e atendem às necessidades das empresas. "O diferencial do ensino oferecido pelo SENAI é cobrar do jovem em iguais proporções o conhecimento técnico, a habilidade prática e a capacidade de resolver problemas rapidamente. Na Olimpíada, testamos essas três vertentes no seu mais alto nível", explica Lucchesi.

Ocupações da Olimpíada do Conhecimento

Tecnologias de manufaturas e engenharias: polimecânica; manufatura integrada; mecatrônica; desenho mecânico – CAD; tornearia CNC; fresagem CNC; soldagem; eletrônica industrial; eletricidade industrial; robótica móvel; estruturas metálicas; caldeiraria; modelagem de protótipos; segurança do trabalho; instrumentação e controle de processo; metrologia dimensional; construção de moldes; mecânica industrial.

Construção e edificações: escultura em pedra; aplicação de revestimentos cerâmicos; instalação hidráulica e a gás; eletricidade predial; construção em alvenaria; sistema drywall e gesso; pintura decorativa; marcenaria de móveis; marcenaria de estruturas; carpintaria de telhados; jardinagem e paisagismo; refrigeração e ar-condicionado.

Moda e criatividade: joalheria; florista; tecnologia da moda; design gráfico; vitrinismo; costura.

Tecnologias da informação e comunicação: STI - sistema de transporte da informação; TI - soluções de software; tecnologia de mídia impressa; web design; TI - administração de sistemas de rede; tecnologia da informação.

Serviços: cabeleireiro; estética e bem-estar; confeitaria; cozinha; serviço de restaurante; técnico em enfermagem; panificação.

Transporte e logística: funilaria automotiva; manutenção de aeronaves; mecânica de automóveis; pintura automotiva.

Engenharias agrícolas e agropecuária: irrigação; inseminação artificial; agrimensura.

Modalidades para pessoas com deficiência: panificação (deficiência intelectual); mecânica de automóveis (deficiência física); costura (deficiência auditiva); e tecnologia da informação (deficiência visual).

ATENDIMENTO À IMPRENSA

Gerência de Jornalismo da CNI

Tel: (61) 3317-9578 / 8917 / 9825

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

http://www.portaldaindustria.org.br

Fotos: http://www.bancodemidia.cni.org.br

http://www.twitter.com/JornalismoCNI

Ler 846 vezes

EMPRESAS


ACESSO RESTRITO


Intranet

ENDEREÇO


FIEAC
Avenida Ceará, 3727 - 7º BEC - CEP: 69918-108, Rio Branco, Acre - Fone: (0xx68) 3212-4200
UNIDADE INTEGRADA
DO SISTEMA FIEAC NO JURUÁ

Rua Afonso Pena, Nº 910, Bairro AABB - CEP 69980-000 - Cruzeiro do Sul - Acre - PABX (68) 3322-6597

logo iso nova


Você está aqui: Pagina Principal IMPRENSA Noticias Mais de 800 jovens competem no torneio brasileiro de educação profissional