SENAI inicia consultoria para aumentar produtividade das indústrias acreanas

25 Maio 2016 In Notícias
Avalie este item
(1 Votar)
SENAI inicia consultoria para aumentar produtividade das indústrias acreanas Foto/Unicom

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/AC) iniciou, no dia 23 de maio, as ações do Programa Brasil Mais Produtivo - que prevê modificações rápidas e de baixo custo nas empresas para alcançar ganhos expressivos de produtividade por meio de técnicas de manufatura enxuta. A iniciativa, sob coordenação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), tem como parceiros, além do SENAI, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O Programa é uma resposta rápida para o dilema da baixa produtividade da indústria brasileira e almeja atender 3 mil empresas indústrias de pequeno e médio porte em todo o Brasil, com o objetivo de aumentar em 20% sua produtividade. "A metodologia usada é a Lean Manufacturing conhecida como Manufatura enxuta e baseia-se na redução dos sete tipos de desperdícios (superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimento e defeitos)", explicou a coaching e engenheira de alimentos, Rejane Pina, do SENAI baiano, informando que a consultoria terá carga horária de 120 horas.

Atento às necessidades de melhoria da produtividade das indústrias locais, o presidente do Sindicato da Indústria de Alimentos (Sinpal) e proprietário da Miragina, José Luiz Felício, garantiu a consultoria para nove empresas do setor. "O programa vai trazer ganhos de eficiência em curto prazo para as pequenas e médias empresas participantes. Assim, vamos melhorar o padrão médio de desempenho da indústria", garantiu.

Resultados - Ao fim das 120 horas de consultoria, é esperado que a empresa aumente em, pelo menos, 20% sua produtividade. Para a avaliação dos resultados, serão utilizados quatro indicadores:

- Capacidade produtiva: o aumento da quantidade de unidades produzidas em um espaço de tempo;

- Movimentação: a diferença entre o tempo de movimentação antes e depois do programa;

- Qualidade: a diferença entre o retrabalho antes e depois do programa;

- Retorno financeiro: a diferença entre o retorno financeiro e o que foi investido no programa.

Unicom

Ler 776 vezes

EMPRESAS


ACESSO RESTRITO


Intranet

ENDEREÇO


FIEAC
Avenida Ceará, 3727 - 7º BEC - CEP: 69918-108, Rio Branco, Acre - Fone: (0xx68) 3212-4200
UNIDADE INTEGRADA
DO SISTEMA FIEAC NO JURUÁ

Rua Afonso Pena, Nº 910, Bairro AABB - CEP 69980-000 - Cruzeiro do Sul - Acre - PABX (68) 3322-6597

logo iso nova


Você está aqui: Pagina Principal IMPRENSA Noticias SENAI inicia consultoria para aumentar produtividade das indústrias acreanas